Resenha: O Sol é Para Todos, de Harper Lee – Por Uinayara Emanuely

Por Uinayara Emanuely

Sinopse:

Um livro sobre racismo e injustiça – a história de um advogado que defende um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos dos anos 1930 e enfrenta represálias da comunidade racista. O livro é narrado pela sensível Scout, filha do advogado. Uma história atemporal sobre tolerância, perda da inocência e conceito de justiça.

‘O Sol é para Todos’, de Harper Lee foi escrito na década de 60 e tem como principal tema o racismo. Atemporal e memorável a autora consegue transcrever para o papel parte de toda dor e discriminação pelos olhos de uma garotinha de seis anos criada por seu pai, Atticus Finch, um advogado, e seu irmão quatro anos mais velho, Jem. Scout, é uma menina travessa e bastante curiosa, por vezes não entende o mundo em que vive e devido a isso faz perguntas e mais perguntas ao pai que, de longe, é um dos melhores personagens masculinos já criados no mundo da literatura.

A trama se passa em Maycomb, uma cidadezinha rural no sul dos Estados Unidos ( que sofre os efeitos da Crise de 29 e da escravidão) e ganha peso assim que Atticus se vê obrigado a defender um negro acusado injustamente de estupro. E é partir daí, que Scout nos mostra a história de forma inocente e bem questionadora. Por ter perdido a mãe cedo e ser criada somente pelo pai, pelos critérios da época, Scout passa longe de ser considerada uma dama. Mas seu pai sempre lhe ensinou o que é correto, e ela e seu irmão vivem felizes sua vida pacata na pequena cidade. Mas essa vida começa a mudar.

“(…) Eu queria que você visse o que é realmente coragem, em vez de pensar que coragem é um homem com uma arma na mão. Coragem é quando você sabe que está derrotado antes mesmo de começar, mas começa assim mesmo, e vai até o fim, apesar de tudo. Raramente a gente vence, mas isso pode acontecer.”

E tudo começa com a chegada de Dill, o sobrinho de uma das vizinhas, que começa a passar as férias de verão na cidade. Por não conhecer a região e as pessoas, Jem e Scout lhes apresenta tudo. E no meio da apresentação de todos os vizinhos, eis que eles chegam à Boo Radley, que na verdade se chama Arthur. Que é um vizinho bastante misterioso, afinal as crianças nunca o viram, pois ele nunca sai de casa. Elas apenas sabem a história dele e não sabem o que é verdade ou não.

“(…) Não se sinta ofendida quando alguém lhe disser uma expressão feia. Isso não deve atingi-la, apenas revela a pobreza de quem falou.”

Logo Dill fica extremamente empolgado e curioso sobre ele. E acaba arrastando os irmãos em uma missão de conseguir fazer com que Boo deixe sua casa. O que se mostra mais difícil que parece. E no meio desse mistério, seu pai começa a defender um homem negro, que está sendo acusado de estuprar uma mulher branca. E isso obviamente começa a criar um verdadeiro caos na cidade, afinal negros são vistos como nada mais do que animais selvagens. Atticus e seus filhos começam então a sofrer com as críticas e represálias dos habitantes da cidade.

“(…) Antes de viver com os outros, tenho de viver comigo próprio. É a única coisa que se sobrepõe à regra da maioria é a nossa consciência.”

Com uma narrativa bem fluida, o livro nos leva para uma outra época. Vemos um lado muito feio do ser humano, sob o ponto de vista de uma criança, que só agora começa a compreender a profundidade do que o seu pai está se propondo a fazer. Harper Lee nos apresenta um julgamento onde o fator mais decisivo para uma condenação não é a existência ou não de um crime e sim a profundidade do ódio racial.

Sol e para todos.inddO Sol é para Todos – Harper Lee
Editora: Jose Olympio
Lançamento: 1960
Páginas: 364

Nota: 4,5/5   4,5 estrelas

Preço mínimo: R$29,40 (Amazon)

 

Foto: Divulgação

Um comentário em “Resenha: O Sol é Para Todos, de Harper Lee – Por Uinayara Emanuely

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s