Resenha: Divergente, de Veronica Roth – Por Paula Ramos

Por Paula Ramos

Sinopse

Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto. A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que poderá ter desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.

Será que segredos podem formar um casal?

Divergente é uma ficção científica, lançada em seu país de origem em 25 de abril de 2011 e no Brasil em 10 de novembro de 2012. o primeiro livro da trilogia de Veronica Roth. Esta trilogia foi comparada com a série de livros (também trilogia) Jogos Vorazes da escritora Suzanne Collins.

Chicago foi escolhido para ser o palco do enredo futurista, onde foram criados 5 facções e que cada um tem uma virtude em especial, trabalhando em um setor diferente da cidade ajudando em sua manutenção. Beatrice Prior faz parte da abnegação que tem como virtude o altruísmo.

O sistema de Chicago também organiza uma seleção. Os jovens, ao completarem 16 anos, são submetidos a um Teste de Aptidão. O teste revela a sua personalidade e a sua verdadeira natureza. Na Cerimônia da Escolha, o jovem escolhe se ficará com sua família e facção de origem ou se escolherá outra facção.

Beatrice agora tinha 16 anos, foi a hora dela de fazer o teste, porém, seu teste mostrou que ela poderia escolher 3 facções diferentes: Abnegação, Audácia (generosidade) e Erudição (inteligência). Porém, quando o jovem pode escolher entre três facções, é considerado divergente – aqueles que não podem ser manipulados e persuadidos -, podendo gerar a sua morte.

Por esta razão, Beatrice guarda seu segredo em sete chaves e, no dia da Cerimônia da Escolha, se torna membro da audácia e muda seu nome para Tris.

Ao chegar na facção da audácia, ela conhece Quatro/Tobias, que irá seu instrutor e o grande amor de Tris, porém Quatro também tem um grande segredo. Essa onda de segredos, logo será revelada e, por isso, uma guerra civil pode ser instaurada.

O medo que corrói Tris e que vai mudando quando ela tem a coragem de dar a cara a tapa é um dos aspectos que mais gosto. Mostra uma figura que não abaixa a cabeça diante das dificuldades que passa na vida, sendo que a dificuldade de Tris é a morte.

O amor de Tris com Quatro trás o sentindo de proteção e união. Cada um protege o outro e está nítido quando Quatro descobre que Tris é uma divergente.

A capital, que eu acho que deve ser abordado realmente, tem a função de proteger a população e, neste caso, ela quer matar/exterminar da face da terra aqueles que ela acha que vai destruir o legado de união que se instaura em sua cidade, assim criando o caos. Entretanto, a capital adota uma guerra entre os divergentes, fazendo que o caos se instale muito mais rápido. Assim, relata um pouco, como um governo hoje recebe a violência com mais violência ainda.

Para fechar com chave de ouro, esse livro merece 5 estrelas, pelo fato dele ressaltar a desigualdade, os divergentes também são pessoas e devem viver igual as outras cinco facções.

Clipboard01.jpgDivergente – Veronica Roth
Editora: Rocco
Lançamento: 2011
Páginas: 504

Nota: 5/5 5 estrelas

Preço Mínimo: R$ 9,90 (Casas Bahia)

 

Foto: Divulgação

2 comentários em “Resenha: Divergente, de Veronica Roth – Por Paula Ramos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s