Resenha: Surpreendente, de Maurício Gomyde – Por Raiane Reis

Por Raiane Reis

Sinopse:

Pedro Diniz tem um desafio e um problema pela frente.

O desafio: filmar um roteiro magnífico capaz de surpreender o público e conquistar o maior prêmio do cinema brasileiro. O problema: não ter ideia de como fazer isso.

Aos 25 anos, recém-formado, Pedro está convencido de que é um sujeito muito especial, que tem a missão de usar o cinema como instrumento para melhorar o mundo. Diagnosticado na adolescência com uma doença degenerativa que o condenaria à cegueira, ele contraria a lógica da medicina quando a perda de sua visão estaciona de forma inexplicável. Enquanto comanda o último cineclube de São Paulo e trabalha em uma videolocadora da periferia, Pedro planeja seu próximo filme, a obra que vai consagrá-lo. E, para animar as coisas, conhece a intrigante Cristal, uma ruivinha decidida, garçonete e estudante de física nuclear, que mexe com seu coração.

A perspectiva idealista de Pedro, porém, sofre sérios abalos. Atormentado por um segredo, ele parte com os amigos Fit, Mayla e Cristal numa longa viagem até Pirenópolis, em Goiás, a bordo de um Opala envenenado. Com câmeras nas mãos e espírito de aventura, a equipe técnica improvisada está disposta a usar toda a sua criatividade na filmagem feita na estrada ao sabor de encontros inesperados e de sentimentos imprevisíveis. E o jovem cineasta descobre que, quando o destino foge do script, nada supera o apoio de grandes amigos.

“Surpreendente!” é um romance brasileiro, narrado em terceira pessoa, lançado em 2015. É o sexto romance de Maurício Gomyde.

Pedro é um jovem de 25 anos, recém-formado no curso superior de audiovisual e seu grande sonho é ganhar o CACAU DE OURO, grande prêmio do cinema brasileiro.
Ele usa todo o seu tempo livre pensando, juntamente com Fit, seu melhor amigo, como produzir o melhor filme de suas vidas.

Pedro trabalha como gerente da Videolocadora VIP, localizada na periferia de São Paulo. Ele cria promoções malucas para fazer com que os clientes aluguem filmes clássicos do cinema (o que ele chama de Cinema Felicicidade).

Ele divide seu tempo entre o emprego na videolocadora e o emprego no último cineclube da cidade, o SubCultural. O cineclube é localizado no subsolo do “Café Cultural”. É nesse café que trabalha Mayla, sua amiga, e é lá que ele conhece e se encanta por Cristal – a nova garçonete, estudante de física nuclear, ruiva, olhos verdes, sorriso aberto.

Pedro sofre de uma doença degenerativa que compromete sua visão. Quem sofre dessa doença fica completamente cego, mas no caso de Pedro a regressão da visão cessou, restando 70% da visão central; contrariando as expectativas médicas.

Quando Pedro fez 11 anos, sua avó lhe deu um amuleto – um olho turco. Ela disse que não era pra ele nunca tirá-lo do pescoço, pois ele o protegeria; disse também que tinha um segredo a lhe contar, mas só contaria quando ele estivesse mais velho.

Uma notícia trágica abala as estruturas de Pedro, e assim ele embarca com seu amigos Fit, Mayla e Cristal, numa longa viagem até Pirenopolis, onde mora sua avó.
A viagem promete muitas emoções, encontros inesperados, situações surpreendentes, aventura… Tudo isso sempre com uma câmera em mãos.

125314767SZ.jpgSurpreendente! – Maurício Gomyde
Editora: Intrínseca
Lançamento: 2015
Páginas: 272

Nota: 5/5  5 estrelas

Preço mínimo: R$ 16,89 (Amazon)

 

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s