Resenha: Harry Potter e a Ordem da Fênix, de J. K. Rowling – Por João Ivo

Por João Ivo

Sinopse:

Harry não é mais um garoto. Aos 15 anos, continua sofrendo a rejeição dos Dursdley, sua estranha família no mundo dos ‘trouxas’. Também continua contando com Rony Weasley e Hermione Granger, seus melhores amigos em Hogwarts, para levar adiante suas investigações e aventuras. Mas o bruxinho começa a sentir e descobrir coisas novas, como o primeiro amor e a sexualidade. Nos volumes anteriores, J. K. Rowling mostrou como Harry foi transformado em celebridade no mundo da magia por ter derrotado, ainda bebê, Voldemort, o todo-poderoso bruxo das trevas que assassinou seus pais. Neste quinto livro da saga, o protagonista, numa crise típica da adolescência, tem ataques de mau humor com a perseguição da imprensa, que o segue por todos os lugares e chega a inventar declarações que nunca deu. Harry vai enfrentar as investidas de Voldemort sem a proteção de Dumbledore, já que o diretor de Hogwarts é afastado da escola. E vai ser sem a ajuda de seu protetor que o jovem herói enfrentará descobertas sobre a personalidade controversa de seu pai, Tiago Potter, e a morte de alguém muito próximo.

Será que mais uma vez, Harry irá atrapalhar os planos do Lord Voldemort?

Harry Potter e a Ordem Da Fênix é o quinto livro das sete obras da série Harry Potter, escrita pela inglesa J. K. Rowling e publicado em 21 junho de 2003.

Harry Potter, entra no seu quinto ano na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts e vemos bem explicitamente que o garoto está mais maduro, o que é bom, pois precisará de muita maturidade para enfrentar os dias sombrios que o espera.

Logo de cara, ele e seu primo Duda, são vítimas de um ataque e ele é forçado a agir. Contudo, o que ele não imagina é o rumo que isso irá tomar.

Acredito que quem gostou da primeira obra, certamente irá gostar dessa também, pois apresenta uma síntese muito legal e não foge da coerência dos quatro primeiros livros. Nessa nova aventura do garoto, a autora não ousou pisar no freio quando o assunto é enfatizar a história. Com doses cavalares de drama, suspense e ação, a J. K. Rowling consegue escravizar a atenção do leitor do início ao fim do volume, possibilitando uma leitura muito agradável e encantadora.

Porém, se você, assim como eu, já assistiu ao filme, poderá perceber que há, em alguns momentos, uma certa diferença, tanto em ações, quanto em personalidade de alguns personagens.

De qualquer forma, amei o livro, pois conseguiu me prender e me fazer viajar em meio aos meus pensamentos, como se eu estivesse mesmo no livro.

25026201_144005466319389_6202650266890665984_nHarry Potter e a Ordem da Fênix – J. K. Rowling
Editora: Rocco
Lançamento: 2003
Páginas: 704

Nota: 5/5    5 estrelas

Preço mínimo: R$ 19,90 (Submarino)

 

Foto: Divulgação

Um comentário em “Resenha: Harry Potter e a Ordem da Fênix, de J. K. Rowling – Por João Ivo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s