Resenha: Proibido, de Tabitha Suzuma – Por Genice Santos

Por Genice Santos

Sinopse: 

Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis. Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes. Eles são irmão e irmã. Mas será que o mundo receberá de braços abertos aqueles que ousaram violar um de seus mais arraigados tabus? E você, receberia? Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dramatúrgico, Suzuma tece uma tapeçaria visceralmente humana, fazendo pouco a pouco aflorar dos fios simples do quotidiano um assombroso mito eterno em toda a sua riqueza, mistério e profundidade.

“Proibido” conta a história de Lochie e Maya, dois irmãos que ao ter a família abandonada pelo pai e totalmente negligenciada pela mãe, tomam a difícil missão de cuidar da casa e dos irmãos mais novos. Apesar de ainda serem adolescentes, esses dois personagens precisam crescer e criar responsabilidades próprias de pais de família, tendo apenas um ao outro em quem se apoiar.

Devido a essa parceria e compreensão, eles percebem que o sentimento que nutrem entre si, vai muito além da fraternidade. A partir daí, começamos a ver e, realmente, sentir o desespero vivido por esses personagens, ao se verem divididos entre o que sentem e o que é dito como certo.

Gente, QUE LIVRO… Durante essa leitura eu fui, totalmente, mergulhada nessa história. Ele nos faz olhar para dentro de nós mesmos, para a nossa forma de enxergar o mundo e as pessoas ao nosso redor. Além disso, mexe com os nossos conceitos e preconceitos, nos leva, várias vezes a analisar as nossas crenças. Não digo que terminei o livro defendendo o incesto, mas, com toda certeza, terminei mais disposta a compreender a história do outro antes de julgar suas atitudes e escolhas.

Admiro muitíssimo a autora pela coragem de abordar um tema tão tabu e a forma bem estruturada com a qual ela construiu a história. Somos levados a compreender como esse sentimento nasceu e o que propiciou seu crescimento, vivemos a angústia dos personagens por saberem o quanto aquilo é considerado errado, mesmo sendo, pra eles, algo tão certo. Eu nunca sofri tanto com um livro.

Por esses e outros tantos motivos, eu indico essa leitura pra vocês. Peço que iniciem essa história de mente e coração abertos, para permitir que o amor de Lochie e Maya deixem uma marca em vocês, assim como deixou em mim. Vale muito a pena essa leitura, que se tornou uma das melhores que já fiz na vida. Agora me diz, pra vocês, o que é proibido?

download.pngProibido – Tabitha Suzuma
Editora: Valentina
Lançamento: 2014
Páginas: 304

Nota: 5/5 5 estrelas

Preço mínimo: R$ 26,90 (Amazon)

 

 

Foto: Genice Santos

 

Um comentário em “Resenha: Proibido, de Tabitha Suzuma – Por Genice Santos

  1. Esse livro é uma das minhas metas de leitura da vida, não sei quando vou comprá-lo, mas espero que consiga logo. A premissa é muito interessante, polêmica, mas incrível e estou curiosa para saber como o tema principal, incesto, será retratado. Ótima resenha ❤

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s