Resenha: Nerve, de Jeanne Ryan – Por Paula Ramos

Por Paula Ramos

Sinopse:

“Você já se sentiu desafiado a fazer algo que, mesmo sabendo que pode se arrepender depois, acaba levando em frente? A heroína deste livro também. Vee cansou de ser só mais uma garota no colégio, e quer deixar os bastidores da vida para assumir seu merecido posto sob os holofotes. E o jogo online Nerve, febre nacional transmitida ao vivo, pode ser o início dessa trajetória de sucesso. Basta que ela clique no botão “Jogador” em vez de “Espectador” para entrar na disputa, que propõe, a cada etapa, um desafio novo. A adolescente acaba formando uma dupla imbatível com Ian, um garoto desconhecido com quem trava contato ao se inscrever em Nerve. Juntos, vão galgando posições no jogo. Mas, conforme os dois avançam na disputa, os desafios ficam cada vez mais complexos… e perigosos.”

Você faria de tudo para ficar nos holofotes?

Vee é uma garota tímida e tem uma amiga bem diferente dela, Sydney, que vive rodeada pelos holofotes, nada mal para quem gosta desta atenção.

Os pais de Vee são superprotetores e, por essa razão, ela se torna um pouco mais introspectiva.

Sydney tem jogado um game chamado Nerve, onde você pode ser o “observador”, ou seja, apenas olhar o que os jogadores estão fazendo, ou ser o “jogador”, pagando realmente micos para estar nos holofotes, além de ganhar algo por cada desafio comprido.

Sydney aposta com Vee que ela não é capaz de jogar o Nerve por causa da sua timidez.

Vee é testada e se inscreve no Nerve e encara como seu primeiro desafio, ir até uma loja e jogar um balde de água fria nela mesma. Desafio comprido.

Seu próximo desafio? Dar em cima de outro jogador: Ian. O jogador, por sua vez, também tem um novo desafio: beijar Vee. O desafio de ambos foi comprido e os observadores agora querem que esses dois jogadores virem uma dupla.

Com essa guinada que o jogo deu, a vida de Ian e Vee mudam completamente.

Eu peguei esse livro para ler porque estava sem opção, mas incrível como algo que não achava interessante acabou se tornando um dos livros que eu mais gostei.

Como fala em jogo, pensei que fosse instrução para um game, como a pessoa que me indicou não soube explicar, realmente odiei sem nem lê, por isso repito o ditado: “Não julgue o livro pela capa”.

Eu amo o casal que se formou no livro, Ian e Vee são perfeitos um para o outro.

A Vee também é uma protagonista com seus defeitos, sente um pouco de inveja da Sydney por ela ser desinibida e conseguir tudo que quer e eu realmente gosto quando o protagonista não é tão mocinho.

O livro também traz a evolução das pessoas, como no caso de Vee, que era muito insegura e tímida e, conforme as páginas do livro vão virando, ela vai evoluindo.

Logo depois que li o livro, assisti o filme. Como esperado, não é a mesma coisa do livro e achei o filme menos legal, mas eu também fiquei preso com o filme por causa da participação de Emma Roberts. Amei colocar um pouco das características da atriz na personagem.

].jpg

Nerve – Jeanne Ryan
Editora: Outro Planeta
Lançamento: 2016
Páginas: 304

Nota: 5/5   5 estrelas

Preço mínimo: R$ 18,81 (Saraiva)

 

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s