Resenha: O Menino da Mala, de Lene Kaaberbøl e Agnete Friis – por Vitória Abdalla

Por Vitória Abdalla

Sinopse:

‘Você adora salvar as pessoas, não é? Bem, aqui está a sua chance’. Mesmo sem entender o que sua amiga Karin quer dizer com isso, Nina atende seu pedido e vai até a estação ferroviária de Copenhague buscar uma mala no guarda-volumes. Dentro, encontra um menino de 3 anos nu e dopado, mas vivo.
Chocada, Nina mal tem tempo de pensar no que fazer, pois um brutamontes furioso aparece atrás do garoto. Será que ela está diante de um caso de tráfico de crianças? Sem saber se deve confiar na polícia, ela foge com o menino e vai à procura de Karin, a única que pode esclarecer aquele absurdo.
Quando descobre que a amiga foi brutalmente assassinada, Nina se dá conta de que sua vida está ameaçada e que o garoto também precisa ser salvo. Mas, para isso, é necessário descobrir quem ele é, de onde veio e por que está sendo caçado.

O menino da mala é um livro cheio de surpresas e emoções.

Nina, uma enfermeira muito gentil, recebe um recado de sua amiga Karin: “Você adora salvar as pessoas, não é? Bem, aqui está a sua chance.” Mesmo sem saber do que se tratava, Nina deixou suas tarefas e foi até a estação ferroviária de Copenhague para buscar uma mala dentro do guarda volumes. Ao abrir a mala, ficou chocada ao perceber que se tratava de uma criança. Um menino nú e fraco.

“Mais uma vez olhou para a mala. Uma mala tão comum, tão ordinária.”

Ela ficou chocada e ao notar que um homem furioso estava atrás do menino, logo saiu dali com ele, sem destino e pensando no que faria para ajudá-lo. Decide ir até sua amiga Karin para que ela esclareça a situação, mas, assim que a encontra, nota que ela foi brutalmente assassinada.

“Ela estava morta.

A morte tem lá os seus sinais, detalhes insignificantes quando vistos de maneira isolada, mas inconfundíveis quando somados. Conhecendo-os, Nina não teve dúvida.”

Sem saber o que fazer e para onde ir, Nina se sente perdida e confusa. Ela não sabe nada sobre o menino e como fará para ajudá-lo. Ela precisava descobrir logo quem ele era, de onde veio e porque estava ali.

A história vai ficando ainda mais interessante ao longo dos capítulos e das descobertas. Ela é intercalada e a cada capítulo, é narrada na visão de um dos personagens da história.

O interessante é que, no começo, os personagens não possuem nenhuma ligação física ou emocional, e ao longo da história, eles vão ficando cada vez mais ligados.

Esse livro é daqueles que te fazem sentir todas as emoções das situações em que os personagens estão vivendo. Faz com que fiquemos sem fôlego, assustados e curiosos.
Achei magnífica a forma como tudo se encaixa no final e todas as perguntas são respondidas.

Fui atraída pela capa e pela sinopse do livro e não me arrependi da leitura. Tudo foi contado da melhor forma possível e a história daria um excelente filme.
Peguei esse livro para ler, pois estava muito curiosa em relação a história e o devorei em um dia.

Recomendo esse livro à todos e digo com convicção que ele me surpreendeu muito.

]O Menino da Mala – de Lene Kaaberbøl e Agnete Friis
Editora: Arqueiro
Lançamento: 2013
Páginas: 256

Nota: 5/5   5 estrelas

Preço mínimo: R$ 31,90 (Amazon)

 

Foto: Divulgação

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s