Resenha: Refúgio, de Harlan Coben – Por Nathy Oaska

Por Nathy Oaska

Sinopse:

Apresentado ao público pela primeira vez no suspense ‘Alta tensão’, Mickey Bolitar se vê obrigado a ir morar com seu tio Myron, um ex-agente do FBI, após testemunhar a morte do pai e internar a própria mãe numa clínica de reabilitação.

Agora o rapaz precisa se esforçar para conviver com o tio, de quem nunca gostou muito, e ainda se adaptar ao novo colégio. Para sua sorte, ele logo arruma uma namorada, a doce Ashley, que também é nova na escola. Quando sua vida parece estar entrando nos eixos, o destino lhe reserva uma surpresa: Ashley desaparece misteriosamente.

Determinado a não perder mais uma pessoa importante em sua vida, Mickey contará com a ajuda de seus novos amigos, os excêntricos Ema e Colherada, para seguir o rastro da namorada.

Para piorar, uma idosa reclusa da vizinhança lhe conta que seu pai ainda está vivo, sem dar maiores explicações. Quando esses dois mistérios se cruzam, Mickey descobre que está envolvido numa rede de intrigas que o levará a questionar a vida que acreditava ter.
Perspicaz e esperto como o tio Myron, Mickey está disposto a fazer tudo o que for preciso para salvar as pessoas que ama.

Mickey Bolitar é um garoto forte. Superou o sumiço do seu pai (como ele pensa), e os problemas com a mãe, que após a morte do marido, acabou virando usuária de drogas.

Confesso que ler esse livro criou um bug inicial na minha cabeça. Mas que foi se desenrolando aos poucos, todas as peças foram se encaixando. Mickey virou meu crush literário durante a leitura, com toda certeza ele é um homão mesmo, e seu tio Myron é um fofo por ter assumido cuidar do seu sobrinho mesmo sabendo que ele o odeia por coisas que passaram, e que nada seria fácil.

Queria eu ser a namorada do Mickey, mas Ashley conseguiu antes, eles estavam super felizes até que ela simplesmente sumiu, sem deixar rastros. Mas seu namorado não desistiu de procurar por ela, já que não queria perder mais ninguém que amava.

“Um turbilhão de emoções girava dentro do meu cérebro. Eu só queria que elas parassem. Só queria ficar entorpecido. Ansiava por isso, queria não sentir absolutamente nada.”

Como se já não bastasse o mistério da sua namorada sumida, uma senhora idosa do seu bairro dispara pra ele que seu pai está vivo. E agora? Ele não vai desistir de resolver esse mistério, quem seria aquela mulher? Porque ela disse aquilo? Ele quer entender seu passado, presente e futuro, ainda mais com ajuda dos seus dois novos amigos.

Eu amo a escrita do Coben, e indico pra quem gosta de um suspense.

Percebi no livro que, as vezes, as informações ficavam vagas, mas tudo ia se encaixando aos poucos e ao, final do livro, já queria muito ler a continuação. Na verdade, ainda quero.

Então, se você deseja ler livros diferentes com o mesmo personagem, e descobrir vários mistérios sobre a vida do Mickey, vem conhecer esse livro.

transferirRefúgio – Harlan Coben

Editora: Arqueiro
Lançamento: 2012
Páginas: 224

Nota: 5/5  5 estrelas

 

 

Foto/Capa: Nathy Oaska
Foto/Texto: Divulgação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s